Danças Brasileiras

Posted: Maio 26, 2011 in Patrimonio Cultural

Tenho trabalhado com as danças brasileiras com os alunos em sala de aula. O objetivo era que se propusessem, se esforçassem para criar uma sequência coreográfica, baseado no que aprendemos, no que vimos, mas ainda não consegui fazer com que isso aconteça. AINDA!

Mas enquanto isso, vou deixar uns vídeos aqui para inspirá-los.

http://www.youtube.com/watch?v=jXbEhFrNXMM (Jongo)

http://www.youtube.com/watch?v=bCDF2XxxXnA (frevo)

http://www.youtube.com/watch?v=bmo6ZrhiflQ (maracatu)

http://www.youtube.com/watch?v=qP5JH2jI8PY (mestre sala e porta-bandeira)

http://www.youtube.com/watch?v=aJgNRgVuGYY (escola de samba)

Tipos de desenho

Posted: Abril 11, 2011 in Uncategorized
Em primeiro lugar, vale ressaltar que desenho é treino, é força de vontade.

Mas o que é o desenho? O desenho caracteriza-se pela representação gráfica de traços. Traços esses que poder formar imagens figurativas ou abstratas.

Desenho figurativo: Têm o objetivo de representar algo próximo á realidade.

Desenho abstrato: Composição não figurativa, composto por formas orgânica e geometricas.

______________________________________________________________________________________________________

Tipos de desenho:

 Desenho de observação: Parte da observação de um modelo (objetos, animais, pessoas, plantas, lugares, etc), onde o desenhista se propõe a transferir para o papel não só sua forma, mas também textura, iluminação, cor…

Desenho de observação - Rosas no copo

Desenho de memória: Representação de um elemento da realidade visualizado anteriormente, onde o desenhista busca-o em sua memória para desenha-lo, sem estar vendo-o no momento.

Desenho de memória - Rosa como lembramos

Desenho de criação: Desenho que é inspirado nos elementos da realidade, mas conta com adições imaginativas.

Desenho de criação - Árvore com um pouco de realidade e um pouco de criação

Um grande artista que sempre manteve esses cadernos é o famoso Leonado Da Vinci. Suas imagens mais famosas são extraídas desses cadernos. Onde ele desenhava detalhadamente seu objeto de estudo e descrevia-o minuciosamente.

Estudo de crânio - Leonardo da Vinci

Homem Vitruviano - Leonardo Da Vinci

 

Outra artista que fazia muito uso desse tipo de caderno era Frida Kahlo, famosa pintora Mexicana, que sempre descrevia suas angustinhas e sonhos, desses seus cadernos posteriormente surgiu um livro com o título “Os Diários de Frida Kahlo”.

Página de Diários de Frida Kahlo

 

Outro grande exemplo de artista que mantinha moleskines é Pablo Picasso, que registrava suas idéias, corpos em diferentes posições, muitos outros tipos de desenhos em seus cadernos. Em seguida descontruía essas imagens, geometrizando-as e aglomerando diversos desenhos em uma única obra.

Estudos de Picasso

Estudos de Picasso

Guernica de Pablo Picasso - onde foi utilizado estudos apresentados

 

Mas muitos artistas contemporâneos (dos dias de hoje), também fazem muito uso dos cadernos de artistas e o meu preferido ainda vivo e na ativa é o mestre Tim Burton.

Rainha de Copas (Alice) por Tim Burton

Edward mãos de tesoura por Tim Burton

Diversos rascunhos de Tim Burton

Quem aqui nunca teve um diário?

Pois, o caderno de artista é basicamente isso um diário. Só que nesse diário ao invés de anotarmos as coisas que aconteceram durante o nosso dia, anotamos nossas ideias, traçamos alguns desenhos, colamos imagens de referências, fazemos rascunhos, escrevemos algo que estamos sentindo, demonstramos nossas alegrias e angustias através de textos e imagens. Esse tal caderno de artista, facilita e muito no nosso processo de criação.

Há muito tempo artistas das mais diversas linguagens, fazem uso desses cadernos. Grafiteiros, designers, escritores, atores, escultores, desenhistas, pintores, poetas… O importante é registrar suas idéias, sejam elas de qualquer natureza.

Esses cadernos de artistas também podem ser chamados de livro de artista, moleskine, sketchbook.

Faça uma busca no google images, são inumeras as referências, os exemplos.

E então vamos começar um caderno de artista??

Modelo de Montagem Portfólio

Posted: Março 31, 2011 in Portfólio

Modelo Portfólio

Como montar um portfólio?

Posted: Março 31, 2011 in Portfólio

Na educação o portfólio pode ser usado tanto por alunos quanto por professores. Lembrando sempre que o objetivo é fazer uma reflexão critica sobre o seu processo acadêmico. Visando melhorar competências, atitudes e conhecimentos.

Dicas para montar um bom portfólio

*Seja orgânizado;

*Seja criativo;

*Registre e reflita sobre suas ações.

Montagem do portfólio

1º – Escreva sobre sua trajetória pessoal (conte quem é você, de onde você vem, o que você está estudando, para que servirá esse portfólio);

2º – Coloque os seus dados, os dados da escola, o tema do portfólio

3º – Escreva um pequeno texto apresentando a ideia do trabalho a ser desenvolvido, como uma introdução.

4º – Registre o que você entendeu das explicações do professor sobre o tema que está sendo trabalhado, registre o que você pesquisou. Mas use suas próprias palavras sem  cópias, aqui é o local para você explicar o que entendeu sobre o assunto.

5º – Insira fotografias, imagens, desenhos relacionados ao tema.

6º – Discuta com os seus colegas o que foi significante na montagem do portfólio, qual foi a importância dele para o entendimento da matéria. Registre quais foram as suas facilidades e dificuldades durante esse processo.

* Pode-se também inserir atividades desenvolvidas em sala de aula, como questinários, provas, textos ou outros coisas que refiram-se ao tema a ser desenvolvido.

Espero que tenha ajudado os colegas professores e os alunos a entender um pouquinho mais sobre o portfólio educacional.

Beijos

Roberta – Arte

O que é Portfólio?

Posted: Março 31, 2011 in Portfólio

Um portfólio é uma coleção de todos os trabalhos que você tem em andamento. Ele pode também ser considerado um material acumulado ao longo do tempo, visando uma pesquisa ou uma série de trabalhos a serem apresentados.

O uso de portfólios na Educação propõe uma estratégia onde os educandos juntam num único lugar de forma clara tudo o que está sendo aprendido naquele momento sobre um mesmo assunto, centralizando este conhecimento para uma compreensão cada vez maior e com elevados indíces de qualidade. Utilizar o portfólio na escola é uma medida cada dia mais adotada pelos professores. E são inúmeras as vantagens do uso deste para a comunidade escolar. Facilitando principalmente a formação, a investigação e a avaliação.

Com o portfólio é mais fácil tanto para o professor, quanto para os pais e alunos perceberem a evolução do educando, além de atingir a avaliação ideal que é aquela feita de maneira continua.

Resumindo portfólio não é um depósito de trabalhos “organizados”. É um suporte para podermos observar e respeitar o ritmo de cada um, auxiliando e dialogando com os alunos como seres singulares. Assumimos então uma estratégia conjunta de reflexão, ação e avaliação.

Um bom portfólio é aquele que: Registra idéias, experiências e opiniões acerca do processo de formação. Registra e reflete as suas idéias, motivações, opiniões, propósitos, registra todas as considerações de ordem crítica que considera importante.

Segundo Villas Boas “o portfólio é um procedimento de avaliação que permite aos alunos participar da formulação dos objetivos de sua aprendizagem e avaliar seu progresso. Eles são, portanto, participantes ativos da avaliação, selecionando as melhores amostras de seu trabalho para incluí-las no portfólio” (Currículo e avaliação – Indagações sobre Currículo).